17 de novembro de 2012

Jeans coloridos para um passeio no Bosque Portugal

          O Bosque de Portugal é um memorial da língua portuguesa, inaugurado em 1994. Sua área verde é de 21 mil m², decorada com elementos da cultura portuguesa.
Oito pilares com os nomes dos países de língua portuguesa: PortugalBrasilAngolaCabo Verde,Guiné-BissauMoçambiqueSão Tomé e Príncipe eTimor Leste. Instalados numa área de lazer do Bosque de Portugal. Piso em mosaico com motivos que lembram as grandes navegações portuguesas.

Hehehe, não tiramos fotos de todos os pilares!
       


Fica no bairro Jardim Social, acesso pela rua Fagundes Varela.

O Bosque é super tranquilo. Perfeito para uma tarde agradável, um piquenique ou um namoro!




O bosque é decorado com vários pilares com azulejos portugueses pintados com versos da língua portuguesa.

O todo sem a parte não é todo,
 A parte sem o todo não é parte,
 Mas se parte faz o todo, sendo parte,
 Não se diga, que é parte, sendo todo.
Gregório de Matos

  O Bosque inclui uma alameda, com piso de pedras, que atravessa um trecho de mata nativa e onde versos de poetas da língua portuguesa são estampados em azulejos portugueses. São versos de Luís de Camões, Gregório de Matos, Castro Alves, Camilo Pessanha e de outros poetas ilustres dos séculos 16 ao 20. Podem ser lidos nos azulejos de 22 pilares, espalhados pelo Bosque.

Gregório de Matos foi poeta baiano da fase barroca, do século 17. É patrono da cadeira 16 da Academia Brasileira de Letras. Gregório de Matos e Guerra nasceu em Salvador, em 7 de abril de 1623, filho de um fidalgo português. Estudou Direito em Coimbra, foi advogado e juiz em Lisboa.
Retornou à Bahia, em 1681, como tesoureiro da Catedral, mas foi demitido devido aos seus versos com críticas ao Clero. Abriu um escritório de advocacia e continuou com seus versos críticos aos poderosos da época, sendo apelidado de Boca do Inferno. Acabou sendo deportado para Angola. Em 1695, já idoso e sem recursos, foi para Pernambuco, onde faleceu em 1696. Foi o maior poeta da Língua Portuguesa de sua época.



Outros escritores também aparecem pelo bosque, como Cecíllia Meireles










           Para esse passeio escolhi um look bem confortável, pois eu queria andar, correr, pular, brincar. Como já mencionei em um "post" anterior, estou apaixonada por jeans coloridos... Então a minha escolha para esse passeio foi: Calça jeans Star Luck, da lojinha da Simone Donatti clique aqui blusinha com lantejoulas: lojinha do Rosa Chiclets Compre aqui; Jaqueta branca: DiCorpo; tênis: Nike Air (AMOOOOOOO); brincos: Fonzhagui; anel: minha amiga comprou para mim!


Local:Brasil Curitiba - PR, Brasil
←   →

4 comentários:

  1. Oi, Su!

    Muito interessante seu novo post, principalmente porque, além da dica para um ótimo passeio, você também nos oferece um pouco da cultura representada pelo bosque. Quanto ao look, ficou lindo!!!! A calça vermelha, então... hehe. Muuuuuiita gentileza sua colocar meu contato para quem se interessar pelo jeans colorido. Agradeço, de coração!

    Bjokas e uma ótima semana!

    ResponderExcluir
  2. Que lugar bonito, só pelas fotos já dá pra sentir a tranquilidade do lugar.

    Bjos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, linda! Obrigada. Seja bem vinda ao nosso blog! Siga-me no twitter e seja minha amiga no face! Bjsssssss - Sú

      Excluir

Olá, alunos do YouTube! Deixem um recadinho com muito amor para a Prof. Sú!