19 de novembro de 2012

,

Moda infantil - Você no meu blog!

          Olá, meninas! Tudo bem?
           Hoje no quadro "Você no meu blog" eu trouxe uma reportagem super bacana para quem é mãe.
            A pessoa entrevistada é Paula Bertone. Ela é estilista e é mãe da Nina, 4 anos e do Noel de um mês. Além disso tem uma grande experiência com o mercado da moda e é a mente criativa por trás da bacana "Orangotango", marca artesanal de mimos e acessórios infantis.
            Nessa entrevista é ajuda a entender e refletir um pouco mais sobre a indústria de moda infantil.


Antigamente, moda infantil era só uma roupa de adulto pequena. Hoje em dia tem tantos produtos, modelos, estampas, que ficamos perdidas nas escolhas.Como e por que se deu essa evolução na história da moda infantil?


Todo o mercado de moda passou, nestes últimos anos, por uma grande profissionalização.  Moda se tornou um grande negócio. Confecções investiram em estilistas, pesquisa de tendência. Tecelagens investiram em maquinário e informação. A moda infantil também cresceu e se profissionalizou.  Virou coisa de gente grande e ganhou sua fatia no mercado.  Com isso, temos hoje um mercado muito tentador que nos oferece uma infinidade de escolhas.

O que é aceitável em uma roupa feita para crianças e o que ultrapassa os limites - do bom gosto e do bom senso?

Criança tem que vestir roupa confortável, leve, alegre. Esse deve ser o grande desafio para uma boa equipe que trabalha desenvolvendo moda infantil. Ultrapassar o limite do bom senso é vestir a criança como uma miniatura de adulto.
Não dá. Morro de dó quando vejo um menino com camisa polo, calça de pregas e cinto. Cinto??? Como assim??? Criança precisa de cinto??? Ou então meninas calçando sandálias de salto, botas cano longo.
Maquiagem também não dá. Ultrapassa o bom senso e o bom gosto. Qual a criança que precisa de maquiagem?

Quais são as principais diferenças entre moda feita para adultos e moda para crianças?

Tudo começa com o “Estilo de vida”. Moda hoje está ligada a comportamento e a estilo de vida. A roupa tem que acompanhar o estilo de vida de uma pessoa.
Acredito que trabalhar desenvolvendo moda para crianças é bem mais difícil e desafiador do que trabalhar com o mercado adulto. Adultos podem quase tudo: curto, longo, justo, folgado, sério, descontraído, etc...  Crianças não. Cair no erro é muito mais fácil.

Difícil falar de moda sem pensar no consumismo exagerado. Ter os últimos lançamentos, estar em sintonia com as tendências, cobiçar as peças de desejo... Tudo isso não são valores que os pais almejam transmitir para seus filhos. Como você vê a moda infantil hoje?

A moda está diretamente ligada ao consumismo. A moda infantil não foge a regra. É um mercado extremamente voraz esperando que você deseje mais e mais. Mas confesso que acho possível gostar de moda, estar antenada nos lançamentos e nas tendências e não ser uma consumista desvairada. Como tudo, acredito que o mais importante é como ensinamos nossos pequenos. Que valores aprendemos dentro de casa e o que é realmente necessário.


Outra preocupação relacionada a esse universo fashion é a "adultização" dos pequenos. É bem comum ver editoriais e anúncios em revistas do setor com crianças excessivamente maquiadas e produzidas. Afinal, quem é o consumidor de moda infantil: os adultos ou as crianças?

Os verdadeiros consumidores são os adultos. Por isso acho um mercado desafiador e as vezes perigoso. Fazer moda para crianças é vender a imagem que os adultos querem comprar.

Nos últimos anos cresceu a oferta de materiais orgânicos e tecidos sustentáveis utilizados no mundo da moda, inclusive a infantil. Essa é a grande tendência para as próximas gerações?

Esse é um caminho longo a ser trilhado. Moda sustentável e produtos orgânicos viraram moda e tendência mas estão ainda engatinhando.  Ainda não são realidades, estão restritos a um nicho muito pequeno. Mas acredito que as próximas gerações estarão colhendo bons frutos destes recursos.




Espero que tenham gostado da matéria!

Todas as crianças que aparecem neste blog têm a autorização dos pais!



Essa foi a paleta de maquiagem que elas utilizaram no dia das fotos. Umas lindas...


Obrigada por terem lido.

Até o próximo "post"

Suzana Rosa.
←   →

0 comentários:

Postar um comentário

Olá, alunos do YouTube! Deixem um recadinho com muito amor para a Prof. Sú!