15 de fevereiro de 2015

,

Os Professores Devem Ser Valorizados MESMO?


         
           Meu nome é Suzana Rosa, tenho 30 anos e sou PROFESSORA DE LÍNGUA PORTUGUESA. Sou formada em Letras Português/Inglês, tenho Pós-Graduação em Metodologia do Ensino da Língua Portuguesa e iniciei um Mestrado em Ciências da Educação (não concluí).
          Creio que todos aqui já ouviram esta frase "Os Professores devem ser valorizados!" e o blá, blá, blá de sempre que todo mundo já conhece!
          Sério, gente! Recebo uns 200 e-mails e comentários por ano contendo dúvidas sobre a minha profissão. Muitas pessoas não sabem se fazem faculdade voltada para a área da educação porque amigos e familiares DEBOCHAM, fazem comentários OFENSIVOS do tipo: "Se você não passar em tal curso, você vira Professor."
           O QUÊ???????????????????????????????????????????????????????????????????????????
           #INDIGNADA!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
           Quer dizer que uma pessoa não pode QUERER ser PROFESSOR, pelo mero desejo de transmitir conhecimento? Sendo assim, tentar mudar o mundo? Fazer um mundo melhor para você, seus filhos e gerações futuras?



            Quero que meu salário aumente? Claro, quem não quer. O médico e o advogado que ganham tanto querem... Mas aviso aqui que há professores que ganham em torno de R$ 10.000 por mês. Antes de mudar o salário de um Professor, eu quero RESPEITO.


  • RESPEITO quando alguém quer fazer faculdade para ser Professor;
  • RESPEITO da escola em que trabalho, sabendo valorizar as minhas aulas, o meu ser;
  • RESPEITO dos alunos quando aprendem e seguem minhas orientações, sem conversas e prestando atenção na aula que eu preparei em casa, sem receber a mais por isso;
  • RESPEITO dos pais e/ou responsáveis em saber que faço meu melhor para os filhos deles. Trabalho em casa sem receber NADA para transmitir uma educação de QUALIDADE. É INADMISSÍVEL quando famílias se voltam contra o Professor. Isso ocorre quando alunos fazem alguma reclamação em casa e as famílias, não querem saber a outra versão. Talvez pensem/acreditem que o filho não tem defeitos;
  • RESPEITO de TODA a comunidade, por saber que você procura transmitir bons exemplos, bons valores, mesmo sem receber muito em forma de pagamento;
  • RESPEITO dos próprios Professores com eles mesmos.

             Além de ensinarmos conteúdos como a gramática e fórmulas de Física e Matemática, somos INSPIRAÇÕES, meus amigos! Pode ser que futuramente determinado aluno não lembre das preposições ou da fórmula de Báskara, mas ele vai se lembrar de vocês, de nós Professores. De como você era, como agia, como se apresentava em turma. Aí sim, posso dizer quer você fez a DIFERENÇA na vida de alguém, no MUNDO.
             Lembro aqui do Professor Joaquim, que me ensinou a ler e a escrever; da Professora Suzete que me fez enxergar como eu tinha dificuldades em Matemática; da Professora Sônia, que me ensinou a escrever sem erros; do Professor Altevir que mostrou que a Matemática não era tão difícil assim; do Professor Cláudio que me fez AMAR Português; da Professora Márcia que me fez entender Física; do Professor Mathias, que me mostrou respeito, carinho, admiração e qualidade nas aulas de Biologia. E a Professora Sueli? Ahhhhh, como ela era linda! Vestia-se tão bem! Quando eu crescesse queria ser igual a ela.
              O fato é que desde criança, eu queria ser Professora. Desde os meus cinco anos, brincava de escolinha. Meus ursinhos e bonecas eram alunos, eu tinha giz, apagador, quadro negro, jaleco, caderno para cada "aluno". Fazia questão de passar a matéria no quadro, copiava para cada aluno. Uns com uma letra bem linda e caprichada e outros com letras feias e relaxadas; só para poder elogiar uns e chamar atenção de outros. Assim como meu Professor fazia!
               Sempre que me perguntavam: "O que você vai ser quando crescer?", eu respondia em alto e bom tom: "PROFESSORA!". É verdade que sofri desmotivações por conta disso e, por algum motivo, de repente comecei a dizer: "Quero ser dentista." Falava infeliz. Tentei brincar de dentista e não conseguia.
               Um dia, falei para um colega: "Quero ser dentista, na verdade, queria ser Professora, mas todos falam que ganha pouco, outros chamam-me de coitada." Ele logo respondeu: "Minha mãe é dentista e não ganha tão bem assim..."
                Eta, coisa boa! Voltei a querer ser Professora. 
                Sou muito feliz com a minha profissão, não poderia ter escolhido uma melhor. Este é o DOM que Deus me deu! Comunicar-me, ensinar, trocar conhecimento. Acordo cedo, sempre empolgada. Procuro a melhor forma de me apresentar aos alunos. Escolho uma roupa legal, um sapato bonito e confortável, passo perfume, faço uma maquiagem e saio feliz em busca de inspirações e tento ser útil aos outros. Acho que o externo reflete como estamos por dentro. Fico tão triste quando vejo mestres indo trabalhar de qualquer jeito. Como cobrar dos alunos? Como ensinar? Como inspirar pessoas?


               Quando vejo na televisão ou na vida real um educador desleixado sinto vergonha alheia. Fico imaginando o porquê isso acontece. Por que advogados, secretárias, vendedoras devem estar apresentáveis e alguns Professores nem ligam para isso? Não venham me dizer que é por causa do salário, porque há roupas baratas. É só procurar. Seu aluno NUNCA vai querer ser igual a você, se você estiver com cara de cansada, de coitada.
               Para ser PROFESSOR você tem que ter VONTADE, GARRA, você tem que QUERER que seus alunos sejam como você quando crescerem. Alguns se tornarão Professores, outros optarão por outras profissões, mas você tem que querer que eles tenham APRENDIDO algo com você! Tem que der DOM, tem que ter AMOR.
              O resto é consequência!
              REPENSE!


Sigam-me nas Redes Sociais para verem as novidades em primeira mão!
  1. Instagram: clique aqui!
  2. Fanpage no Facebook clique aqui!
  3. Grupo Rosa Chiclets no Facebook: clique aqui!
  4. Twitter: clique aqui!
  5. YouTube: clique aqui!
  6. Google +: clique aqui!




            
←   →

6 comentários:

  1. Nossa Su, que texto lindo!!!
    Eu já adoro vc agora te admiro muito mais
    por ter me dado toda essa "informação"
    Vc é muito especial, e concordo e apoio a sua opinião!..

    Beijos

    Vivi

    www.doidaporesmaltes.com

    ResponderExcluir
  2. Sempre te admiro por essa sua forma de se expressar, de se comunicar, de transmitir o que pensa.
    É lamentável quando o professor é tratado como um ser qualquer, como um profissional da mesma categoria que todos os outros ou inferior. Não desvalorizando nenhuma profissão, mas o primeiro profissional que temos contato direto na vida, não é um advogado, um dentista, entre outros, é o professor, ele que nos forma, ele que forma a todos que são quem são ou pretendem chegar a quem ser.
    Beijos

    cinderelaliada.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É... na verdade, queremos respeito em primeiro lugar!

      Excluir
  3. Lindo seu texto Su, sou estudante de pedagogia e amo essa profissão PROFESSORA, escuto muita piadinha e comentário maldosos quando perguntam minha profissão, mas sempre defendo nossa categoria dizendo que como em uma construção o professor é o alicerce de tudo, e que merece muito respeito e admiração, assim como tenho por você....
    Não vejo a hora de deixar de ser a estagiária e ser a professora titular da sala amo meus baixinhos..... Bjos minha linda.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom, amiga! Logo, logo vc terá uma sala só para você!
      Bjs e SUCESSO!

      Excluir

Olá, alunos do YouTube! Deixem um recadinho com muito amor para a Prof. Sú!